domingo, 1 de setembro de 2013

Um poema

O que escrevo é morto
o que te dou é vazio.
Mas se tu lês me torno vivo
se recebes me torno cheio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário