domingo, 23 de junho de 2013

O agora

  Se você vem, convém-me
  que eu esteja longe...
  Talvez, no horizonte,
  pra espiar se demoras dessa vez
  ou se vem correndo como sempre fez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário